Monthly Archives: Junho 2014

Ler Com Relógio D’Água: 50% Desconto Exclusivo em mais de 300 Livros Indispensáveis… só 48h!

unnamed (1) unnamed (2)

 

Clicar na imagem acima para a promoção!

Entrevista a Madalena Silva e Opinião a “Renascida” – Chiado Editora

Boa tarde. Hoje trazemos a opinião ao livro “Renascida” e entrevista exclusiva à autora Madalena Silva.

ENTREVISTA:

10484794_721774737869308_3508377622644491050_n

 

Olá Madalena e desde já os nossos agradecimentos por ter aceite dar-nos esta pequena entrevista. Sabemos que tem tido uma vida agitada e que o seu livro está a torna-se um sucesso, pelo que gostariamos de saber um pouco mais sobre o livro e sobre si.

 

BibliotecaMil – Antes demais, fale-nos um pouco sobre si, quem é a Madalena?
MADALENA: Chamo-me Maria Madalena Silva, nasci numa aldeia perto de Mirandela, há 45 anos.
Desde cedo comecei a sentir que a aldeia não se identificava comigo, as mentes das pessoas, eram demasiado antiquadas e para a minha maneira de pensar e ser…sonhei desde cedo sair de la, procurar outra vida, outras mentes diferentes…dai que aos 18 anos, deixando a minha querida mãe lavada em lágrimas, dado que sou a mais nova de 3 irmãs, bati o pe e fui trabalhar para o Algarve, mas as saudades bateram tao forte que 1 ano depois regressei a casa dos meus pais.
Por la permaneci, cerca de mais 1 ano, mas novamente a vontade de ter uma vida diferente, levou-me a vir atrás de uma irmã a mais velha para Lisboa.
Onde permaneci ate hoje, há 25 anos.
Comecei a trabalhar aos 16 anos, fui fazendo de tudo na minha vida, e como só fiz o 6 ano em Mirandela, mais tarde tudo fiz para aos poucos fazer o 12 ano, fui tirando cursos, e trabalhando em diversas áreas.. sou muito lutadora, muito sensível, e o meu mal tem sido acreditar de mais na felicidade, nas pessoas…o meu passado levou-me a ser agora mais ponderada em muitas coisas na vida, continuando com os meus erros de ser humano.

BibliotecaMil – O que a levou a iniciar-se no Mundo da escrita?
MADALENA:  Escrevo desde miúda, desde que me lembro de ser gente…escrevia muitos poemas principalmente, e versos, a minha querida mãe pedia-me vezes sem conta para lhe ler…
Adorava teatro, escrevi ainda para actores, e realizadores para vir para Lisboa, para ser actriz.
Sonhava ser conhecida, pelo que mais amava fazer, que era escrever e representar…fui ainda figurante algum tempo…
Ate que o ano passado, após muita insistência da parte da minha melhor amiga, que é psicóloga, decidi dar o passo e escrever o tão sonhado livro…gostava de ter escrito algo que não fosse ter que ver com a minha vida, mas sabia que este tema, seria o passo para o sucesso, e como era ajudar pessoas, não hesitei.

BibliotecamMil – “Renascida” é uma história real, uma história de vida, da sua vida, quer falar-nos um pouco sobre isso?
MADALENA: RENASCIDA, é a minha historia real de vida, no qual conto a violência domestica que vivi durante mais de 10 anos, e a minha imensa luta pela libertação.
Com 1 filho para criar, acreditando no conto de fadas, no amor para sempre, fui sofrendo horrores que só quem lê o livro poderá descobrir quanto…
Fui vitima de maus tratos físicos e psicológicos, que me deixaram marcada para o resto da vida, no entanto lutadora como sou, continuo a sobreviver, a acreditar e a ter fe e esperança.

BibliotecaMil – Quais são os seus objectivos de agora em diante? Pensa em continuar a escrever?
MADALENA: Posso fazer mil coisas na minha vida, gostando mais de umas que outras…mas, após o sucesso de RENASCIDA, não tenho duvidas que voltarei a escrever, e vou tentar lançar já no próximo ano o segundo livro, que tenho a certeza que terá ainda mais sucesso.
Porque escrever,sobre historias reais, é mesmo a minha maior paixão, lamento não serem historias mais bonitas, mas esta e de fato a nossa realidade.

BibliotecaMil – Onde podemos adquirir o seu livro? Vai estar em algum evento brevemente? Como foi estar na Feira do Livro de Lisboa?
MADALENA:  Este é o link do meu livro, de tudo que fiz ate agora sobre ele. Lá encontram toda a informação de como e onde adquirir o meu livro assim como os eventos onde já estive e vou estar. O mais indicado e que aconselho e mesmo pedirem por mens. privada no meu Facebook e envio pelos correios para qualquer canto do mundo, autografado. Adorei estar na feira do livro, foi mais um momento lindo e único na minha vida.Espero estar no dia 5 de Julho num concerto do Tony Carreira em Odivelas, para lhe entregar pessoalmente o meu livro, dado saber que e defensor da violência domestica.Tenho outros convites, mas alguns recuso, porque não tenho sempre apoios e sozinha não tenho meios muitas vezes.

575390_626193110760805_442143540_n

Mais uma vez obrigado por aceitar o nosso convite.

Obrigado pela coragem, por não desistir e por poder ser uma inspiração para muitas mulheres portuguesas.

 

Opinião “Renascida”

9789895105106p

Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 98
Editor: Chiado Editora
ISBN: 9789895105106

Sinopse:
Esta obra reflete acima de tudo até quximae ponto a maldade humana pode chegar. Até que ponto alguém vítima de violência doméstica pode amar e sofrer como se fossem ingredientes inseparáveis.
A autora conta-nos em linguagem simples o que tantas mulheres e homens passam na sua vida. Mais do que o sofrimento aqui espelhado é a história de sobrevivência e coragem de alguém que nunca desistiu.
Tu, desse lado, não desistas nunca!!! Pois dos desistentes não reza a história!

Opinião:

Ler esta obra foi um desafio. A temática da violência doméstica impressiona-me de tão real que é. De tão próxima que foi.Após ter entrevistado a Madalena Silva, a autora desta obra vivida por si (entrevista a ser publicada já a seguir), lancei-me ao livro.A obra mostrou ser aquilo a que se propõe, um registo pessoal em primeira pessoa daquilo que a Madalena viveu, as palavras escolhidas são as de uma mulher, mãe, autora, lutadora, cheias de emoção e simbolismo. Uma escrita simples, e de fácil leitura.

Neste livro a Madalena descreve como foi viver ao lado de um homem durante 12 anos, mas sem nunca na realidade ter verdadeiramente “vivido” mas sim sobrevivido.

Ao longo do livro vai crescendo uma indignação, um sentimento de puro desprezo por esse homem e uma aflicção por ver que no meio de tanta violência exista uma criança, exista um ser puro e inocente. E aquela pergunta que nos assola a mente, desde o inicio, que é “Porque é que não o largaste antes, porque é que passaste e te sujeitaste a isso tudo?”
Este é uma leitura quase obrigatória para todas as pessoas. Leiam por favor, e se em algum momento se identificarem com o que estão a ler, coloquem-se em alerta imediato. O flagelo da violência doméstica é cada vez maior e acaba cada vez mais vezes em tragédia.
Espero que este meu relato vos faça ter vontade de ler este livro, vos faça ter vontade de ler a história da Madalena e de como ela conseguiu superar este capitulo da sua vida. Porque se ela conseguiu, sob todas as adversidades, todos nós conseguimos. Basta termos fé e força de vontade.

Obrigado Madalena pela coragem e pela oportunidade de ler a sua obra e claro pela entrevista. Um grande Bem-haja!

Mónica & Gustavo Mil-Homens

20% a 50% desconto em todos os livros – Leitor Bertrand

unnamed

Super promoção Editorial Presença! DEVOLVEMOS 100% – até 3 de Julho

É A APROVEITAR!!! Clicar na imagem para aproveitarem esta promoção espectacular!

devolvemos-100-em-todos-os-livros

Oportunidade Wook – Até -40% de Desconto

banner_lateral_dir148x250_LivrosPoliciais

 

Clicar na imagem para ver os livrinhos disponíveis 🙂

Opinião – Seis Anos Depois – Harlan Coben – Editorial Presença

Seis anos depois

 

Coleção: Minutos Contados
Nº na Coleção: 39
Data 1ª Edição: 21/01/2014
Nº de Edição: 1ª
ISBN: 978-972-23-5187-4
Nº de Páginas: 288

Sinopse:

Passaram seis anos desde que Jake Fisher assistiu ao casamento de Natalie, o amor da sua vida, com Todd Sanderson. Seis anos durante os quais cumpriu a promessa que lhe fizera de não voltar a procurá-la ou a contactá-la. Mas quando, por mero acaso, Jake se depara com o obituário de Todd, não consegue impedir-se de ir ao seu funeral. Só que… a viúva que vê não é Natalie. Quem quer que seja, a mulher no funeral esteve casada quase vinte anos com Todd e tem dois filhos adolescentes. Jake começa então uma busca pela verdade, pelo seu passado, por Natalie… E rapidamente se torna óbvio que andam mais pessoas a tentar encontrá-la…

Uma vida construída sobre mentiras. Uma verdade capaz de matar. Seis Anos Depois é um bestseller do The New York Times de Harlan Coben, autor que conta já com mais de 50 milhões de exemplares vendidos.

A minha Opinião:

Sabem aquele livro que leram a sinopse e quiseram logo comprar? Este é um deles. Infelizmente só o pude comprar na passada terça-feira, aproveitei um dos vales promocionais de 5 euros que a Bertrand nos deu na Feira do Livro, mas agarrei logo nele assim que cheguei a casa. E li em menos de 24 horas. Acreditem não se consegue parar de ler… só parei porque eram 4 da manhã e os olhos já choravam… mas retomei logo na manhã seguinte.

A história é bem clara e simples. Conta-nos o desgosto de amor de um homem, que perdeu a mulher da sua vida para outro homem mas nunca compreendeu como nem porquê. E passados seis anos tudo muda. Conseguimos logo afeiçoar-nos a ele, Jake , um professor simpático e honesto que vai percorrer Mundos e fundos para descobrir o paradeiro da mulher que ele viu casar com outro, a mulher que ele ama e que lhe pediu que a deixasse em paz. Mas passados seis anos, ao ver um simples obituário a sua vida muda e somos arrastados para um mistério, para um desenrolar de acontecimentos na vida deste homem que só queremos dizer-lhe que vai ficar tudo bem. Após a leitura daquele obituário que dava a informação da morte do então marido de Natalie , Jake vê-se numa situação em que precisa de a encontrar precisa dar significado àquele amor por ela e não olha a meios para atingir fins. E o mesmo se adequa aos outros que também a procuram sem sucesso e tentam arrasar Jake. Natalie parece que se evaporou do Mapa. Eu tive momentos em que não fazia ideia (não fazia mesmo) do que se tratava, como iria ser o desfecho.  É-nos apresentada uma realidade tão frenética, e ao mesmo tempo um crescendo de suspense que nos faz agarrar até ás ultimas letrinhas.

A escrita é corrida, de muito fácil interpretação. Foi o primeiro livro de Harlan Coben que li, mas já tenho em minha posse mais três títulos deste autor (Campanha dos livros grátis da Presença) que vou com toda a certeza ler a partilhar com vocês. Recomendo vivamente a leitura deste livro, e não, não me decepcionei nada e foi uma óptica leitura para fim de férias.

Mónica Mil

The Silkworm (Cormoran Strike) – Robert Galbraith

51nAhDhrL8L

 

Saiu hoje a nivel internacional (ainda não saiu em Portugal) e estou entusiasmadissima! Adorei o Quando o Cuco Chama (Opinião aqui ) e estou desejosa de poder ler este! Para já aguardo que saia cá em Portugal!

Sinopse:

When novelist Owen Quine goes missing, his wife calls in private detective Cormoran Strike. At first, she just thinks he has gone off by himself for a few days – as he has done before – and she wants Strike to find him and bring him home.

But as Strike investigates, it becomes clear that there is more to Quine’s disappearance than his wife realises. The novelist has just completed a manuscript featuring poisonous pen-portraits of almost everyone he knows. If the novel were published it would ruin lives – so there are a lot of people who might want to silence him.

And when Quine is found brutally murdered in bizarre circumstances, it becomes a race against time to understand the motivation of a ruthless killer, a killer unlike any he has encountered before . . .

A compulsively readable crime novel with twists at every turn, The Silkworm is the second in the highly acclaimed series featuring Cormoran Strike and his determined young assistant Robin Ellacott.

Mónica

“Encontro Mortal” – J.D Robb, pela Saída de Emergência em Julho

Sem Título2

 

Chancela: Chá das Cinco
Data 1ª Edição: 04/07/2014
ISBN: 9789897100819
Nº de Páginas: 320
Dimensões: [160×230]mm
Encadernação: Capa Mole

Sinopse:
A tenente Eve Dallas é uma jovem polícia de Nova Iorque que se dedica ao trabalho de corpo e alma para fugir a um passado trágico que quer esquecer. Mas o passado teima em persegui-la quando um milionário é envenenado por uma mulher chamada Julianna Dunne.

Eve reconhece logo esse nome: é o de uma mulher extraordinariamente perigosa que tinha prendido dez anos atrás. Ou seja, o assassinato foi apenas uma provocação: tudo o que a assassina deseja é rever Eve, num reencontro que ambas não esquecerão.A busca de Eve por Dunne leva-a a percorrer todo o país e a terminar em Dallas, Texas, a cidade que lhe deu o nome e a origem dos seus piores pesadelos. Apesar de amar o seu marido e confiar nos colegas e amigos, Eve teima em enfrentar o perigo sozinha. Mas conseguirá fazer frente a um passado que não a larga e a uma inimiga que conhece todas as suas vulnerabilidades?

##

Pessoalmente já li em inglês, e gostei bastante… é a minha série preferida, sou completamente viciada na Eve e no Roarke e companhia. Gostava que saíssem mais depressa cá em Portugal… em breve ponho a review para vos aguçar o apetite!

RECOMENDO! 

Mónica Mil

A nossa “Feira do Livro de Lisboa 2014”

Olá a todos 🙂

Este ano as nossas visitas foram apenas duas, uma diurna, outra nocturna. Estamos em época de muita contenção, não há verba sequer para pagar as contas, por isso, infelizmente não se trouxe parte do que queríamos trazer e o que veio foi com ajuda e a preço muito baixo.

Bom aproveito desde já para vos dizer que na Praça Leya, estão a vender os Livros do Anthony Horowitz, O Poder de Cinco a 3,50€ cada um… e se for em Hora H ainda mais baratos ficam, quase dados possivelmente… juro-vos que não entendo (aparte de não terem lançado cá o 5º livro e isso de facto pode desvalorizar a colecção) como é que os vendem como se nada fossem… digo e repito, foi do melhor que já li até hoje… mexeu emocionalmente comigo de uma forma como apenas os Hunger Games tinham mexido… Para mais informações, a minha Opinião Aqui. (Mónica)

De resto, trouxemos para casa, a preços simpáticos (O Divergente como livro do Dia), os livrinhos em baixo:

IMG_0479 IMG_0480 IMG_0481 IMG_0482

 

DIA 10
Divergente – 7,75€ (livro do dia 10 de Junho)
Insurgente e Convergente – 12,40€ PVP Feira cada um
Em busca da Atlântida – 5,00€

DIA 11 (Em HORA H)
O Mago Mestre – 8,50€
A Iniciação – Volume II – Trilogia do Mágico Negro e Akkarin – Volume III – 6,00€ cada um.

No total e com ajudas (porque senão nem estes tinham sido possíveis trazer) gastou-se 58,05€ e trouxe-se 7 livros para casa, uma média de 8,50€ por livro.

E foi isto. Pena que não havia o volume I da Trilogia do Mágico Negro (andávamos há tanto tempo para comprar e foi desta, e já vimos faltavam 5 minutos para as 23…)

Queríamos apenas deixar um desabafo de algo que nos deixou um pouco tristes. Sentimos que este ano quem estava nas bancas não estava tão “sociável” ou simpático. Sentimos antipatia e hostilidade em grande parte das bancas a que nos chegávamos para ver. É certo que não temos ar de ricos, nem ar de que vamos gastar 300 euros em livros (como ouvi muitos a dizer e a pagar ) mas a magia da Feira do Livro é o ambiente dela, é os sons, os cheiros a livros novos,  a convivência… o passeio em si. Para nós é o nosso evento do Ano como lhe chamamos. Este ano não soube como a anos anteriores e não só por motivos monetários… também pelo falta de ânimo que se sentia em quem nos recebe.

Deixamos um bem-haja a quem nos permitiu que trouxéssemos os livrinhos para casa, e espero que para o Ano, a magia volte para nós.

GU_E_EU

 

Mónica & Gustavo

Lançamento do livro «Francisco bué d´lampião» – © S.L.B. Produto Oficial – Alfarroba

É este sábado, dia 14 de junho, que o livro «Francisco bué d´lampião», da autoria de Paulo César Nunes e com ilustrações de Filipa Cabral, será apresentado ao público, pelas 11.00, na Biblioteca de São Lázaro.

image005