Opinião: “Mistborn – O Império Final” Saída de Emergência

O Império Final

O Império Final

BRANDON SANDERSON

Chancela: Saida de Emergência
Coleção: BANG
Data 1ª Edição: 06/06/2014
ISBN: 9789896376383
Nº de Páginas: 624
Dimensões: [160×230]mm
Encadernação: Capa Mole
Sinopse
Num mundo onde as cinzas caem do céu e as brumas dominam a noite, o povo dos Skaa vive escravizado e na absoluta miséria. Durante mais de mil anos, o Senhor Soberano governou com um poder divino inquestionável e pela força do terror. Mas quando a esperança parecia perdida, um sobrevivente de nome Kelsier escapa do mais terrível cativeiro graças à estranha magia dos metais – a Alomancia – que o transforma num “nascido nas brumas”, alguém capaz de invocar o poder de todos os metais.

Kelsier foi outrora um famoso ladrão e um líder carismático no submundo. A experiência agonizante que atravessou tornou-o obcecado em derrubar o Senhor Soberano com um plano audacioso. Após reunir um grupo de elite, é então que descobre Vin, uma órfã skaa com talento para a magia dos metais e que vive nas ruas. Perante os incríveis poderes latentes de Vin, Kelsier começa a acreditar que talvez consiga cumprir os seus sonhos de transformar para sempre o Império Final…

 

Opinião

Após o ter vislumbrado na Feira do Livro de Lisboa em 2014 ficou imediatamente na lista “to read“, graças à gentileza da Editora Saída de Emergência é com grande orgulho que trazemos à Biblioteca Mil esta obra que foi presença obrigatória na minha mesa de cabeceira.

Apesar das 624 páginas é de uma leitura apelativa e empolgante, de um grafismo irrepreensível na capa bem como nos mapas que nos enquadram a acção.

Uma dica para o futuro leitor, no final de cada capitulo surge em separado e em itálico um ou outro paragrafo em tom de relato, devem ter atenção a estes trechos pois mais para o avançar do livro eles farão sentido e conseguimos até ligá-los a algo…

O livro relata-nos uma sociedade dividida por um enorme fosso de indiferença, temos os nobres e temos os Skaa cujos mais afortunados ascendem ao estatuto de artesãos mas todos são tratados como se de gado se tratassem, no entanto sem a força motriz dos Skaa os nobres não sobrevivem e não conseguem pagar as taxas exigidas pelo Senhor Soberano e controladas pelos Impositores.

IMG_20150520_181841

É no meio deste ambiente opressivo que vamos encontrar Kelsier em deambulação e nos apercebemos que ele não é um Skaa normal, é mesmo reconhecido como o Sobrevivente, este reconhecimento é bastante importante no desenrolar da acção pois será a força e a inspiração para alguns momentos chave.

Também muito no inicio ficamos a conhecer Vin, uma jovem rapariga orfã que foi abandonada pelo irmão provando o mantra que sempre lhe incutiu, “Qualquer um te trairá, Vin. Qualquer um.” ficando ela às costas com uma suposta divida ao bando de ladrões Skaa que os tinha acolhido.

É durante um trabalho para o bando que os caminhos de Kelsier e Vin se cruzam, ponto de partida para uma evolução interior da própria Vin quando é convidada a participar num trabalho com o bando de Kelsier onde tudo vai contra o que conheceu toda a vida e onde pela primeira vez toma contacto com amizade verdadeira ao ponto de Kelsier lhe contar a verdadeira razão do seu plano.

Não menos importante é o papel de Sazed, um mordomo Terrisano que será incumbido de educar e preparar Vin para o seu papel no plano de Kelsier e que permitirá a Vin descobrir o amor.

Uma forma que conseguirmos também enquadrar parte desta sociedade é termos um pouco presente a multiplicidade religiosa da nossa própria sociedade e os diversos choques culturais e religiosos que fazem parte da nossa História, pois só assim entendemos a importância do Ministério na deificação do Senhor Soberano e podemos comparar directamente os Inquisidores de Aço com a Santa Inquisição

Adorei o livro e a forma como somos levados por entre desaires e sucessos, onde testemunhamos a evolução de Vin como mulher e Alomante, onde descobrimos teorias religiosas interessantes (no contexto do livro) que nos fazem pensar, onde vibramos com brilhantes cenas de acção e sofremos quando os personagens mais queridos correm perigo.

Spoiler Alert……

Devo dizer que apesar de ter entendido o plano de Kelsier, não tinha previsto o destino do mesmo muito menos o sacrifício planeado, se bem que para o plano resultar seria a única forma de provocar e “acordar” os Skaa.

steel_inquisitor_by_jaspersandner-d42d0gm

Fan Art de um Inquisidor de Aço at http://www.deviantart.com

Obviamente agora fico a salivar pela continuação, esperemos que a Saída de Emergência publique toda a saga, pois além da triologia Mistborn há uma segunda triologia bem como um standalone intermédio.

Para mais informações visitar o website da Editora Saída de Emergência.

Boas leituras a todos

Gustavo Mil-Homens

Advertisements

Posted on 20 de Maio de 2015, in Divulgação, Editora, FC&F, Reviews and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: