Category Archives: Geral

Frio Suficiente para Nevar de Jessica Au – Grupo Leya Dom Quixote

Sinopse:

Uma jovem mulher organiza umas férias com a mãe no Japão, onde percorrem Tóquio, Osaka e Quioto: caminham pelos canais nas tardes de outono, esquivam-se de chuvas e vendavais, partilham refeições em pequenos cafés e restaurantes e visitam galerias para verem alguma da mais radical arte moderna. Enquanto isso, conversam: sobre tempo, horóscopos, roupas, objetos, família, distância e memória. Mas as incertezas abundam. Quem estará realmente a falar – apenas a filha? A mãe raramente fala, aparenta ser uma presença fantasmagórica que não parece estar de facto ali. E qual será a verdadeira razão desta viagem elíptica, ou mesmo espectral?
Ao mesmo tempo reflexão e elegia, Frio Suficiente para Nevar questiona o facto de todos falarmos sequer uma língua comum, quais as dimensões que podem conter o amor e até que ponto poderemos afirmar conhecer deveras o mundo interior de outrem.
Escolhido entre 1500 candidatos, este romance venceu o Novel Prize, um novo prémio, bienal, patrocinado pelas editoras Fitzcarraldo Editions, New Directions (EUA) e Giramondo (Austrália) e destinado a distinguir um romance escrito em língua inglesa que explore e expanda as possibilidades do género.

Detalhes:

ISBN: 9789722075824
Editora: DOM QUIXOTE
Ano de Edição / Impressão: 2022
Dimensões: 235 x 157 x 9 mm
Páginas: 128

O Autor:

Jessica Au vive em Melbourne, na Austrália. Trabalhou como editora-adjunta da revista trimestral Meanjin e como verificadora de factos para a revista Aeon. O seu romance Frio Suficiente para Nevar (2022) é o vencedor do primeiro Novel Prize e tem direitos vendidos para dezoito línguas.

Parece ser sem dúvida uma obra maravilhosa o que acham?

Advertisement

Mais Novidades Novembro 2022 Grupo Saída de Emergência

Novidades Saída de Emergência Outubro/Novembro 2022

Novidades maravilhosas!!! E não se esqueçam da excelente promoção de Halloween aqui e da sempre 2= 3 portes grátis!

Tenham um mês maravilhoso!

Heather Morris visita Portugal com uma edição especial 📚

Gonçalo M. Tavares e «O Diabo» no Porto de Encontro

Podem também ver a reportagem de apresentação do livro do autor “O Diabo aqui.

Novidades Grupo Porto Editora

Divulgação Porto Editora – A Aldeia das Almas Desaparecidas – Richard Zimler

Evento/Reportagem Fnac Book Talks “O Diabo”de Gonçalo M. Tavares – Bertrand Editora

Foi com este convite super “convidativo” lido na rede social Instagram

Que fui a este evento e foi sem dúvida um final de tarde extramamente bem passado, elucidativo, educativo e acima e tudo humano. Com muito Diabo a ver-nos 😉

Num ambiente informal, relaxante, tipico de uma turtulia comum (mas que de comum nada teve) que Gonçalo M. Tavares nos apresentou a sua mais recente obra, “O Diabo” que retrata acima de tudo uma série de eventos de século IX e XX mas que podiam ter ocorrido ontem. Quem é o Diabo afinal? Temos nós Diabos pessoais?

Com as leituras da sempre brilhante Inês Nogueira e música de Maria Varandas (que voz maravilhosa) acompanhada de Pedro Sousa na Guitarra Clássica, resta-me agradecer também à Bertrand e ao seu representante Editor o momento maravilhoso que nos foi proporcionado. Seguem-se os videos das leituras e momento musical.

Os próximos videos foram gravado em directo para o Instagram do blog, o @bibliotecamil_insta e infelizmente a qualidade não ficou tão boa, mas oiçam e vejam por favor o Gonçalo, porque são nestes videos que ele vai efetivamente falar sobre a sua obra e demais assuntos e espero que gostem, que tenham gostado e que se promovam mais eventos assim. Autores Nacionais para mim têm sempre um lugar especial no coração e os 120km que faço para os poder ir ouvir e ver valem mesmo a pena. Ainda não li o livro todo, mas em breve sairá a opinião ao mesmo que será publicada aqui em todas as nossas redes sociais.

SINOPSE
O Diabo, pela mão de Gonçalo M. Tavares, vem juntar-se ao mundo literário das Mitologias, um universo habitado por personagens que se movem num tempo e espaço indeterminados onde o referencial é aquilo que nos vai sendo contado. Aqui a verdade científica e a sua lógica pouco importam. Dotados dessa ampla liberdade, os leitores deambulam entre narrativas fantásticas que tanto actualizam explicações para um mundo em que vivemos como retratam traços marcantes da natureza humana que o habita.

É um espaço imaginário onde, entre muitos outros, se entrecruzam o diabo, a escola, os corvos e o trator, as palas com todas as suas limitações e virtualidades, o cemitério de aviões e a loucura, os direitos dos homens, o Grande-Armazém, o Povo-Armazenado, os três fios vermelhos, os Doze-Apóstolos, a canalização, os piolhos, o crânio de Olga, os nomes, Paris, os Nómadas, o Comboio e os Meninos, o Homem-que-Quando-Fala-Não-se-Entende-Nada, o crescimento de Alexandre (a linha recta). É um mundo de histórias e possibilidades quase infinitas em que um espaço ou uma máquina se podem transformar em personagem, mas é também um universo onde encontramos valores fundamentais, território privilegiado do mito, como o bem e o mal, o medo e a coragem, a tranquilidade e a violência, o desconhecido e o familiar.

Até uma próxima e obrigado pelo carinho Gonçalo M. Tavares. Até a humanidade de volta dos dois beijinhos na cara sabe bem neste Mundo pós pandemia!

Obrigado Fnac pelos bons momentos que nos permitem ter!

Divulgação Porto Editora – Avozinha Gângster ataca de novo de David Walliams

Sou tão fã do David Walliams que o livro só pode estar genial!
Little Britain always!

Divulgação Porto Editora – Ramsay em 10 minutos